Loading...

6 dicas para ter uma boa gestão de tempo do profissional da saúde

Médica em pé junto à janela do consultório médico e verificando o tempo no relógio

A gestão de tempo do profissional da saúde é um recurso estratégico para a otimização do cotidiano, que influencia na produtividade. Também pode significar maior lucro e também mais qualidade de vida; afinal, ao ter em mãos o controle das suas demandas você pode conciliar melhor seu tempo, potencializar os seus atendimentos, além de ter resultados melhores na vivência clínica.

Qual a importância da gestão de tempo para os profissionais da saúde?

Devido a grande quantidade de demandas, ter uma metodologia ágil sobre o seu dia irá te ajudar a resolver problemas mais rapidamente. No que se trata da gestão de tempo, sua importância se dá principalmente em proporcionar maior qualidade de vida aos profissionais da saúde. Como também, na visão profissional, objetivar clareza ao seu sistema organizacional e impulsionar a sua performance.

Para te ajudar a conhecer ainda mais os benefícios dessa ferramenta, separamos 5 benefícios que irão te mostrar por que você precisa hoje inserir a gestão de tempo como uma das suas prioridades:

1. Maior produtividade

Tendo maior tempo é possível focar nas demandas mais trabalhosas e burocráticas, o que aumenta a sua produtividade e faz com que os seus dias de plantão rendam mais; além de te dar a oportunidade de também poder priorizar pequenas tarefas que no decorrer do dia a dia acabam ficando negligenciadas, como atualizar a sua agenda médica por exemplo. 

2. Aproveitamento das horas

É comum em dias corridos sentir que precisa de mais de 24h para precisar fazer tudo o que é necessário, concorda? Quando se há uma gestão inteligente do seu tempo você consegue potencializar as horas trabalhadas, podendo ampliar sua quantidade de atendimentos e também levar mais qualidade para os já agendados. Mais vantagem para você, mais cuidado para os seus pacientes.

3. Diminui a procrastinação

A procrastinação, ainda que seja um hábito cotidiano, é uma grande inimiga de um profissional de saúde. Devido a otimização do tempo, há o benefício da diminuição desse fator, isso porque o seu cotidiano se torna mais ágil e consequentemente com menos espaço para postergar tarefas dentro da sua vivência clínica. 

4. Diminui estresse e ansiedade

Viver sem tempo é, sem sombra de dúvidas, um dos principais fatores de estresse da atualidade. Tal forma que a atuação sob pressão de prazos curtos e horas curtas pode causar danos sérios à saúde mental do profissional de saúde, como também tornar o trabalho menos prazeroso e por vezes torturantes.

Porém, com a gestão de tempo inserida dentro dos processos é possível maior qualidade de vida, sem a sensação constante de apagar incêndios e gerenciar crises. 

5. Aumenta concentração

Assim como a diminuição da procrastinação é um benefício imediato da gestão de tempo, o aumento da concentração também está alinhado a isso. O foco se torna muito mais fácil para ser obtido quando há um tempo livre e pré-determinado para as suas atividades, dando mais qualidade para a sua execução e espaço para direcionamento de ideias. 

Além disso, quando se trata de inovação de processos cotidianos, a mudança pode ser um pouco difícil; por isso é importante listar cautelosamente as tarefas para que você delimite o passo-a-passo da implantação dessa gestão de tempo.

6 dicas para ter uma boa gestão de tempo do profissional da saúde

Confira 6 dicas nossas para conseguir isso de forma efetiva:

1. Defina as prioridades

Se tudo é prioridade, nada é prioridade. Defina as tarefas mais importantes e que vão te exigir mais tempo, principalmente se elas estão concentradas em apenas um local de atendimento. Tendo esse discernimento se torna mais simples gerenciar cada ponto a ser feito.

2. Organize a agenda

Quando se trata de gestão de tempo, ter uma agenda organizada faz toda a diferença, até porque, a agenda médica é o seu recurso decisivo na hora de gerenciar os atendimentos da sua clínica ou consultório. 

3. Deixe um espaço para emergências

Mesmo com a agenda devidamente organizada, imprevistos acontecem e não estar preparado para imprevistos pode atrapalhar tudo o que você tentou deixar sob controle até aqui. Por isso, quando gerenciar o seu tempo entre uma atividade e outra, coloque intervalos um pouco maiores que o usual. Dessa forma, as emergências não irão ser tão catastróficas e você poderá lidar com elas sem tanto estresse ou ansiedade.

4. Não esqueça das pausas

Com a mesma importância que a dica citada acima, as pausas servem tanto para o seu próprio descanso quanto para equilibrar uma tarefa à outra. Ter pausas entre atendimentos, por exemplo, pode te ajudar a potencializar suas consultas, assim como te dar a liberdade para pensar em outras demandas do seu cotidiano que você precisa dar conta.

5. Siga seu planejamento

Não adianta criar o seu planejamento e acabar não o executando por força do hábito. Crie metas atingíveis e comece uma mudança de cada vez, isso dará mais chances para que o seu projeto de gestão de tempo se torne mais bem sucedido e palpável a longo prazo.

6. Utilize uma ferramenta de gestão

Por fim, a tecnologia será a sua maior aliada nesse processo. Ter uma plataforma que te ajuda a fazer suas demandas do cotidiano de maneira digital, completa e rápida também irá fazer com que você ganhe mais tempo e também qualidade de vida.

O Ti.Clinic já ajudou mais de 20.000 profissionais de saúde desde 2016 a alcançar um atendimento e relacionamento de excelência. Teste por até 15 dias gratuitos a plataforma que mais inova a saúde digital no Brasil: acesse nosso site e realize o seu cadastro!

Deixe um comentário