Novembro Azul: como a telemedicina contribui para a prevenção do câncer de próstata

Novembro Azul: como a telemedicina contribui para a prevenção do câncer de próstata

Sabe-se que a causa do Novembro Azul é extremamente importante para a população. Contudo, o que muitos ainda não sabem, é que a Telemedicina pode contribuir, e muito, com a prevenção e tratamento do câncer de próstata.

Afinal, a Telemedicina é uma facilitadora na promoção da saúde, aproximando médicos e profissionais de saúde de seus pacientes.

Ao passo que, utilizando os recursos da Telessaúde, o próprio paciente pode contatar o seu médico de forma online para tirar dúvidas e desvendar os mitos e verdades de todo o processo de tratamento e prevenção dessa doença.

Apesar disso, para muitos homens, o procedimento é um tabu e não se fala muito sobre isso. Mas, graças à campanha do Novembro Azul, todos os anos milhares de pessoas são impactadas na internet e buscam assistência médica. 

Pensando nisso, a Ti.Saúde, maior plataforma de atendimento e relacionamento entre médicos e pacientes, realizou uma entrevista com o Dr. Benhur Rosendo Gomes de Lima, médico urologista da Sociedade Brasileira de Urologia. 

Portanto, a partir deste artigo, mostraremos em detalhes como funciona a prevenção e tratamento desta doença e de que forma a Telemedicina pode ajudar pacientes de todo o Brasil.

Mas Primeiramente vamos para a definição!

O que é o Novembro Azul?

O “Novembro Azul” é um movimento iniciado em 2003 na Austrália, que ocorre em vários países, com intuito de promoção da saúde global masculina.

Ou seja, o movimento tem grande importância, ao passo que promove uma gradual quebra de tabus culturais patriarcalistas que sempre prejudicaram a busca de um cuidado médico mais especializado.

Além disso, promove o rastreio de doenças da próstata, tratamento de transtornos sexuais masculinos e de toda a saúde do homem.

Como a causa do Novembro Azul contribui para a prevenção do câncer de próstata?

Para o Dr. BENHUR LIMA, Médico Urologista Titular da Sociedade Brasileira de Urologia, o câncer de próstata especificamente, deve-se considerar sua prevenção e seu rastreio.

É necessário uma rotina de alimentação saudável, com poucos alimentos ultraprocessados, pouca carne vermelha processada; evitar tabagismo e exercício físico compõe a melhor fórmula para prevenção. Diz, o Dr. Benhur Lima.

O rastreio (detecção precoce de um possível tumor), segundo a Sociedade Brasileira de Urologia, deve ser realizado em homens a partir dos 50 anos de idade.

E isso deve ser feito com uma dosagem sanguínea do exame de PSA, a realização de Toque Retal da próstata pelo urologista do paciente e Ultrassonografia da Próstata.

Contudo, pacientes negros ou que possuem parente de primeiro grau com antecedente de câncer de próstata, devem iniciar seu rastreio a partir dos 45 anos de idade com médico urologista.

Como funciona o diagnóstico?

O diagnóstico do câncer de próstata só ocorre após realização de uma biópsia de próstata.

Contudo, caso se confirme o câncer, o paciente deve procurar um médico urologista e, juntos, devem definir qual será a melhor estratégia de tratamento.

 Encontre profissionais de saúde de diversas especialidades sem sair da sua casa! Clique aqui.

A comunicação com o paciente é fundamental

novembro azul

Segundo o Dr. Benhur Lima, existem algumas formas que uma clínica digital possa ajudar. Para ele:

Considero a mais direta e simples, realizar envio de mensagens convocando pacientes às consultas.

E, na mesma mensagem, já iniciar o processo de anamnese, enviando perguntas e estabelecendo um vínculo e início de uma consulta.

Como uma plataforma de saúde com Telemedicina pode contribuir para a causa do Novembro Azul e a prevenção do câncer de próstata?

novembro azul

Para o doutor BENHUR LIMA,  é essencial o uso de uma plataforma de saúde completa que possua também telemedicina. Pois, esse recurso facilita o acesso do paciente ao serviço de saúde.

Mensagens automáticas enviando lembretes ao determinado público alvo sobre o rastreio que ele deve realizar, sem dúvida, é uma boa ideia a se considerar. Acredito que a telemedicina possa contribuir no contexto de rastreio e busca ativa de pacientes alvo. Pois, facilita o acesso do paciente ao médico. Dr. Benhur Rosendo Gomes de Lima

Frequentemente, homens utilizam o argumento do excesso de trabalho ou trânsito para o não comparecimento aos consultórios médicos e a telemedicina minimiza em partes essa barreira.

No entanto, para uma avaliação completa do paciente com diagnóstico de câncer de próstata, o exame físico presencial é indispensável.

Portanto, é recomendado que utilize a telemedicina como mediadora de uma comunicação, em casos de teleconsultas, por exemplo.

Podendo assim, tirar dúvidas antes de ir a uma consulta presencial, desmistificando todo o procedimento de prevenção e tratamento com o seu médico e outras coisas. 

Logo, tudo isso pode ser feito de forma online, diretamente com o seu médico urologista.

A Telemedicina, assim sendo, funciona como mais uma ferramenta no acesso, mas não como substituta completa da tradicional avaliação presencial.

Agende uma consulta com o Dr. Benhur Lima

Dr. Benhur Rosendo Gomes de Lima

CRM/PE 17157

Médico Urologista Titular da Sociedade Brasileira de Urologia

American Urological Association (AUA) member. 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!