TI Saúde blog

Estratégias de Marketing para Cardiologistas: como se posicionar?

Com a evolução do mercado da saúde e a crescente digitalização dos serviços médicos, os cardiologistas enfrentam desafios e oportunidades únicas. O cenário atual, ainda que facilitado pela nova tecnologia médica, tem seus próprios obstáculos. Pensando nisso, neste artigo, vamos explorar 9 estratégias fundamentais para os profissionais da Cardiologia se destaquem e obtenham mais sucesso no novo mercado da saúde. Confira agora as principais estratégias de marketing e posicionamento para Cardiologistas:

Invista em Tecnologia Em Saúde

A tecnologia é uma aliada poderosa para os cardiologistas. A saúde digital traz avanços tecnológicos importantíssimos para o dia a dia médico, exemplo disso é a prescrição digital. Devido a profissionais da cardiologia constantemente prescreverem medicações contínuas, a prescrição digital é uma facilitadora dessa ação. Assim, possibilitando ainda mais atendimentos, e consequentemente, mais faturamento para os profissionais.

Não só isso, a inovação tecnológica de sistemas de prontuário eletrônico e telemedicina oferecem um atendimento mais eficiente e acessível aos seus pacientes. O prontuário eletrônico é um incrível agente para a captação dos dados de saúde de cada paciente, além de promover um armazenamento seguro dessas informações. Afinal, ao documentar em papel as informações sobre pacientes, há a chance de perda, roubo ou algum demais imprevisto.

Além disso, no tocante a telemedicina, por meio da teleconsulta, é possível exercer um monitoramento remoto de qualidade a pacientes crônicos. Além de uma cobertura de novos e antigos pacientes, pois não importa onde estejam, poderão receber diagnósticos e tratamentos do seu cardiologista responsável. Vale ressaltar, também, uma grande vantagem da telemedicina para cardiologistas: o aumento do seu alcance profissional e autoridade. Ao atender de forma online, o cardiologista pode ampliar sua carta de pacientes, sem qualquer limitação geográfica.

Inovação e Educação Para O Novo Mercado Da Saúde

Uma das habilidades essenciais que formam um profissional do futuro é a Mentalidade de Desenvolvimento Contínuo, também conhecida como ser um Lifelong Learner.

Estar em constante aprendizado significa estar a par das tendências e estudos da sua área. E, se tratando da cardiologia, estar sempre atualizado com as últimas pesquisas e técnicas. A educação continuada é essencial para oferecer o melhor tratamento aos seus pacientes, além de ser decisiva para a autoridade profissional.

Neste âmbito, ao ter a inovação como foco, podemos mencionar dois trechos importantes de um artigo na revista Medicina S/A feito por Fabio Biscegli Jatene e Ieda Biscegli Jatene. Respectivamente, Professor Titular de Cirurgia cardiovascular da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e Líder Médico da Área Cardiológica do Hcor; E Presidente da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo e Líder Médica da Cardiologia Pediátrica do Hcor:

Uma área que tem chamado atenção recente e emerge como um parceiro promissor dos profissionais de saúde é a inteligência artificial (IA), não só por sua capacidade de processar e analisar grandes volumes de dados, de maneira rápida e eficiente, mas também de identificar padrões e correlações que podem passar despercebidos pelos seres humanos. Ela pode ajudar os cardiologistas a filtrar informações relevantes em meio ao mar de conhecimento, fornecendo uma visão mais precisa e atualizada sobre diagnósticos, tratamentos e tendências emergentes.

O avanço tecnológico também trouxe consigo uma série de dispositivos inovadores, que estão redefinindo a interação entre os cardiologistas e seus pacientes. A tecnologia surge como um aliado importante no monitoramento remoto de pacientes em tempo real, na prevenção de riscos e complicações por meio de algoritmos, auxiliando no engajamento dos doentes com emprego de aplicativos, entre tantas outras aplicações.

Dito isto, cabe ao profissional cardiologista a busca constante por aprimoramento e modernização, a fim de acompanhar as exigências do novo mercado da saúde.

Aperfeiçoe suas Habilidades de Comunicação

Uma comunicação clara e empática é essencial para estabelecer uma boa relação com os pacientes. Por isso, invista em habilidades de comunicação para oferecer um atendimento mais humano e personalizado. Comece dessa maneira:

  • Execute uma escuta ativa e atenta ao relato dos seus pacientes;
  • Tenha uma comunicação humanizada no pré, durante e pós consulta;
  • Faça uso da tecnologia para a comunicação, com mensagens automatizadas que lembrem os seus pacientes das suas consultas;
  • Aproveite os dados do prontuário eletrônico para personalizar o atendimento de cada paciente;
  • Dispare pós atendimento via Email e SMS uma pesquisa de satisfação sobre como o paciente se sentiu sendo consultado;

Preze Pela Sua Marca Pessoal

Ao prestar atendimentos ou serviços de saúde, é fundamental que profissionais de saúde da área da Cardiologia saibam como transmitir a sua marca pessoal para cada paciente. Isto é, desde o momento da construção do seu branding, utilizando táticas que desenvolvam uma mensagem diferenciada para o mercado.

Atualmente, com as vantagens oferecidas pela tecnologia em saúde, também podemos destacar a presença digital em formato de site personalizado. Nele, o cardiologista pode apresentar suas principais especialidades, disponibilizar depoimentos de pacientes sobre sua abordagem, além de informações de contato e locais de atendimento. Uma clínica digital no formato online faz toda a diferença para promover seus serviços e atrair novos pacientes.

Veja um exemplo de site personalizado que carrega aspectos estratégicos de marca pessoal:

Priorize o Atendimento Multidisciplinar

O cuidado integral da saúde é uma das tendências mais fortes para 2024 e os cardiologistas não podem ficar de fora disso.

De acordo com este conceito, o cuidado da saúde dos pacientes não é isolado a apenas um profissional, o que exige um alinhamento com outros profissionais de saúde. Dessa forma, o olhar apurado às necessidades do paciente faz parte dessa integralidade. Por outro lado, o atendimento multidisciplinar pode ser desafiador para cardiologistas presos a abordagens mais antigas. Por isso, caso você tenha dificuldade em aplicar o cuidado integral, essas são algumas formas de promover:

  • Trabalhe em parceria com outros profissionais de saúde, como nutricionistas e psicólogos, para oferecer um atendimento mais completo e integrado aos seus pacientes.
  • A tecnologia pode ser uma ponte invisível – mas muitíssimo útil – para o cuidado integral. Através do monitoramento remoto, tenha reuniões com outros especialistas mesmo que estes estejam distantes;
  • Consulte os dados de saúde dos pacientes e o histórico completo deles, ainda que com outros profissionais, para um atendimento assertivo;

Desse modo, além de proporcionar um atendimento ainda melhor para os seus pacientes, você também fortalece seu networking no novo mercado da saúde.

Aposte na Medicina Preventiva

A medicina preventiva, dentro da área cardiológica, é indispensável para que cada paciente tenha mais qualidade de vida e melhor adesão a tratamentos.

Além de incentivar seus pacientes a aderirem a recursos tecnológicos, como smartwatches, para monitoramento da saúde; também é necessário usar da tecnologia clínica para ter um cuidado além-consulta.

Promova a saúde cardiovascular através de campanhas de prevenção e conscientização. Através de funcionalidades da saúde digital, como as mensagens de disparo, estimule seus pacientes a adotarem hábitos de vida saudáveis. Como também, lembretes de exames, como medição da pressão arterial e exames de colesterol, para identificar precocemente possíveis problemas cardiovasculares e intervir de forma eficaz.

Além do citado acima, um exemplo de conteúdo a ser disparado digitalmente são as dicas de trocas inteligentes no dia a dia. Seja na alimentação ou em exemplos de exercícios físicos rápidos e eficientes para estimular uma vida cardíaca saudável.

Reforce, também, a importância da redução do estresse na trajetória do tratamento dos seus pacientes. Reforce que mudanças no estilo de vida podem ter um impacto significativo nesse fator e na prevenção de doenças cardiovasculares em si.

Por fim, acompanhe o progresso deles e forneça suporte e incentivo ao longo do caminho, principalmente junto a outros profissionais de cuidado integral.

Invista em Presença Digital

Entre as 9 principais estratégias para cardiologistas no novo mercado da saúde, é essencial citarmos o impacto da presença digital atualmente.

Por isso, além de ter um site próprio e personalizado, como citamos neste artigo, é interessante que o cardiologista esteja presente nas redes sociais. Por exemplo, o Instagram e o Tiktok são plataformas com amplo alcance e que são essenciais para profissionais de saúde estarem hoje.

Além disso, nas mídias sociais, é possível que o profissional da cardiologia crie conteúdos como:

  • Comentários sobre grandes assuntos da mídia que se interligam com as suas expertises;
  • Mitos e verdades sobre o cuidado cardíaco;
  • Dicas práticas para melhorar a saúde cardiovascular;
  • Explicações de como o estresse e a má alimentação atuam no corpo;
  • Reforço da importância de tomar medicações segundo a posologia e orientações profissionais, em caso de pacientes crônicos;

Dessa maneira, alcançando duas vantagens de marketing clínico: tendo mais visibilidade e fortalecendo a comunicação com os já atuais pacientes.

Personalize o Atendimento com a Análise de Dados

Estamos na era da análise de dados e utilizar uma medicina baseada nesses dados clínicos é indispensável.

Fundamentar os seus atendimentos com informações que constem no prontuário eletrônico, ou ter acesso a uma área exclusiva para o paciente, garante que seus pacientes recebam o tratamento mais eficaz e atualizado.

O atendimento personalizado anda lado a lado com a Experiência do Paciente, que é determinante, inclusive, para o retorno dele. E, ainda que o dia a dia intenso de cardiologistas dificulte um pouco esse tratamento diferenciado, a saúde digital surge como uma facilitadora. Principalmente na prescrição digital, na telemedicina, e em relatórios inteligentes.

Como adquirir esses dados clínicos tão importantes para a jornada do paciente?

  1. Estimule a interação do seu paciente, promovendo um espaço seguro para que ele fale abertamente sobre a sua saúde. Uma dica de comunicação é utilizar perguntas que se iniciem com “o que?” “quem?”, “como?” e “quando?” pois elas irão direcionar o seu atendimento para conclusões assertivas.
  2.  Verifique quais serviços de saúde o seu paciente já realizou recentemente, como exames e procedimentos;
  3. É comum que pacientes se sintam receosos e até um pouco tímidos ao falar suas informações de saúde. Por isso, deixe-os confortáveis e disponha de um ambiente empático para eles.

Esteja Aberto a Novas Tecnologias Clínicas

A saúde digital está em constante evolução. Por isso, esteja aberto a novas tecnologias e inovações que possam melhorar a qualidade do seu atendimento e a experiência dos seus pacientes.

Um exemplo da guinada do novo mercado da saúde e de como a sociedade está se adaptando ao uso da tecnologia na medicina é o aumento dos atendimentos por telemedicina no Brasil. Em uma notícia recente da Folha de São Paulo, em abril de 2024, foi relatado que as teleconsultas cresceram em 173% no país após lei que regulamentou a saúde digital. Um marco no cenário da saúde e também da transformação digital em si.

Na mesma notícia, também é possível constatar que houve também um aumento da procura de pacientes crônicos por atendimentos nesse pós-pandemia. O que, inclusive, é muito pertinente para cardiologistas; visto que muitas das consultas realizadas são acompanhamentos de hipertensos.

Um profissional de saúde estar aberto a novas tecnologias significa ir além de ter uma presença digital nas redes sociais. Implica em digitalizar processos, maximizar seus atendimentos e aderir a inovação como algo essencial para sua vivência clínica.

Conclusão

Ainda que a área da saúde e o seu mercado esteja em constante mudança, há práticas importantes para que profissionais consigam sucesso. Seja implementando a tecnologia clínica no cotidiano ou estando nas redes sociais, a modernização é a palavra-chave.

Por isso, além de seguir as dicas deste artigo, esteja sempre aberto a aprender e evoluir, abraçando a inovação como uma aliada e não como um obstáculo.

E, se o assunto é inovação, a Ti Saúde é especialista. Conte com a melhor solução do mercado!

Compartilhe nas redes sociais