TI Saúde blog

Como Farmácias podem auxiliar clientes no cuidado com a saúde

farmácia

O cenário da saúde se modifica a cada dia, no entanto, mesmo com os avanços ainda há alguns problemas recorrentes, como a superlotação de prontos socorros e pacientes fazendo uso de automedicação ou até ingerindo a medicação prescrita por um profissional de saúde, porém de forma errônea.

Nesse âmbito, a ação de farmacêuticos em conjunto com o paciente e o profissional de saúde de confiança faz total diferença no resultado final de tratamentos médicos, criando um ecossistema conectado pelo cuidado da saúde.

Para demonstrar de forma prática como isso pode ocorrer, trouxemos 4 maneiras em que os farmacêuticos podem auxiliar na jornada de cuidado da saúde para pacientes. Confira:

Orientação ao paciente sobre o seu tratamento

É comum no Brasil que pacientes não concluam até o final o prazo de alguma medicação, ou até mesmo, em caso de doenças crônicas, o tratamento seja interrompido bruscamente por alguma melhora advinda do próprio medicamento. Por isso, é essencial que farmacêuticos orientem esse paciente, desde o momento da compra do medicamento, sobre a importância de mantê-lo e também sanar dúvidas que podem ter surgido após um atendimento clínico feito com rapidez, por exemplo.

Além disso, no que se trata de farmácias que já disponibilizam serviços farmacêuticos como aferição de pressão, é importante também que o profissional farma explique para o paciente a importância dele mapear em casa as variações da sua pressão arterial, se possível entregando para ele um espaço impresso para que ele escreva esses dados toda vez que aferí-la.

Acompanhamento assíncrono da saúde do paciente

A falta de prevenção da saúde reflete imensamente na vivência de hospitais hoje, por isso, é importante transformar a mentalidade da farmácia apenas como um local de venda de medicamentos para um hub da saúde. Ou seja, um ponto de cuidado dela, no qual ele possa ter acesso a um acompanhamento farmacêutico no ínterim das consultas médicas, tendo a sua jornada do paciente muito mais segura. 

Esse suporte também pode ser praticado, em alguns casos, na sugestão de alternativas de medicação para que o paciente, retornando ao médico que o atendeu, possa explorar mais possibilidades para o seu tratamento. Como também, caso necessário, entrar em contato com o profissional de saúde que prestou o atendimento para tirar dúvidas sobre a posologia e assegurar ao paciente mais proteção de qualquer erro na ingestão do seu medicamento prescrito. 

Disponibilização de serviços farmacêuticos

É essencial que o cuidado da saúde esteja cada vez mais perto para o paciente, por isso, ter dentro das farmácias a disponibilização de serviços farma como testes rápidos, vacinação, triagem clínica, bioimpedância, IMC e etc, torna isso muito mais acessível e autônomo. Além de incentivar que esse paciente monitore o andamento da sua saúde, ajudando-o a prevenir diversas doenças por ter um controle maior do seu bem estar. Além disso, com a ajuda da tecnologia hoje, já é possível que em poucos cliques o farmacêutico possa executar o atendimento do serviço farmacêutico e gerar DSF.

Telefarmácia 

A telefarmácia é a saúde digital na prática para formar uma rede de apoio à saúde do paciente. Ela é a aplicação da telessaúde e promove que o farmacêutico possa exercer o seu atendimento, disponibilizar orientações, e realizar o acompanhamento farmacoterapêutico e que também informe ao paciente sobre a necessidade de atendimento médico. 

Para estar por dentro dessa inovação de forma ilimitada, integrada e segura, é muito importante que o profissional farma tenha um software que entregue isso junto a todas as ferramentas necessárias para o seu cotidiano dentro dos serviços farmacêuticos. Por isso, conte com o Ti.Farma para revolucionar a sua farmácia e a sua maneira de se relacionar com os seus pacientes.

Clique aqui e teste por até 15 dias gratuitos a solução que chegou para transformar o mercado das farmácias. 

Compartilhe nas redes sociais